For a better experience please change your browser to CHROME, FIREFOX, OPERA or Internet Explorer.

Como escolher seu professor de guitarra

Boa semana pessoal!

 

Essa semana eu gostaria de conversar sobre um tema que de uma forma ou de outra acaba afetando a todos nós que tocamos guitarra: como escolher corretamente nosso professor.

É um assunto delicado e às vezes até tratado como um tabu, pois todo mundo conhece alguém “que sabe tocar pra c…” e que PODERIA ser um bom professor, mas que na hora “H” não consegue passar seus conhecimentos de forma didática para seus alunos. Ou então temos os aventureiros que sabem algumas posições de acordes, campo harmônico maior e menor, os 5 desenhos da penta e alguns arpejos, e se auto propagam como “professores”, onde na verdade a única coisa que fazem é pegar um monte de material gratuito na internet, e por muitas vezes desorganizados, e dar “aulas” em cima disso.

Lembre-se: educação de qualidade custa caro (em qualquer área de atuação), e na música não é diferente. Dependendo do seu nível atual no instrumento, até funcione um professor “meia boca” por um tempo, mas vai chegar uma hora onde um bom profissional vai ser fundamental para seu desenvolvimento.

Pensando nisso, eu encontrei esse vídeo do Gustavo Guerra, que confesso não conhecer muito do seu trabalho, mas achei bem pertinente suas colocações sobre esse assunto e gostaria de compartilhar com vocês.

E aí, você já teve alguma boa ou má experiência com seu professor? Compartilhe conosco!

 

[yt video=”UGM0HTH94kY” width=”560″ height=”340″ /]

 

Grande abraço!!

Top