Destroying the Fucking Disciples of Christ – Crucifixion BR

10632759_851372118207834_2089287393157412655_n

Por Junior Frascá

 

Black metal cru, direto, ríspido e blasfemo! É isso que se propõe a fazer o duo gaúcho CRUCIFIXION BR, formado por Lord Grave War (Vocais, guitarras e baixo) e Juliana Dark Moon (Bateria), que finalmente chega a seu primeiro disco completo, após praticamente quase 20 anos de existência, e que acaba de ser liberado no mercado nacional via Shinigami Records.

 

Com uma produção muito boa, realizada por Sebastian Carsini e Márcio “Maxx” (que deixou o som da banda intenso e atual, mas ainda assim cru e bruto), o disco mostra uma banda muito competente em sua proposta musical, com faixas muito bem elaboradas e diversificadas, com ótimos arranjos e transbordando musicalidade, mesmo diante do extremismo do estilo em questão.

 

Na grande maioria dos momentos, o som é bem veloz e pesado, mas há várias mudanças de andamento que deixam tudo bem interessante, inclusive com várias passagens acústicas encaixadas de forma orgânica, que mostram toda a percepção musical da dupla.

 

O disco traz 12 faixas autorais, que mostram bem todas as características acima mencionadas, de forma bem homogênea. Cito apenas como exemplo a ótima “Dead Generations”, que traz também elementos de death e thrash metal, e que mostra bem toda a qualidade do som do CRUCIFIXION BR.

 

Há ainda no álbum uma ótima versão para “Schizo”, do VENON, que ficou realmente matadora, bem mais brutal que a original.

 

Sem dúvida um disco indispensável na coleção de todos os admiradores da música extrema de qualidade.

 

Nota 8,0

 

Destroying the Fucking Disciples of Christ – Crucifixion BR

(Shinigami Records – Nacional – 2015)

 

Formação:

 

Lord Grave War – Vocais, guitarras, baixo

Juliana Dark Moon – Bateria

 

Músicas:

 

  1. War Against Christian Souls
  2. Crucifixion
  3. Eternal Judgement
  4. Dead Generations
  5. End of a Life
  6. Apocalyptic Sentence
  7. Slaves of Christ
  8. Future Memories of a Hell
  9. In the Shadows of Obscurity
  10. I’m Dead
  11. Soul’s Rupture
  12. Destroying the Fucking Disciples of Christ
  13. Schizo

 

Compartilhe Este Post